Educação na França

A Educação Francesa é dividida de forma muito parecida com a do Brasil, geralmente em três partes: école, que seria uma espécie de primário;, collège, o ensino fundamental e lycée, o ensino médio. Essas etapas vão de 6 a 16 anos, sendo obrigatória e geralmente gratuitas. Porém, assim como no Brasil, existe ensino privado na França, que geralmente é voltado para escolas católicas. Isso porque a educação pública no país é totalmente laica e não promove ensino religioso de nenhuma espécie. Os pais podem aprender de tudo até como fazer tiaras para bebê.

O maternelle

maternelleÉ importante citar que antes dos 6 anos, existe a opção da criança frequentar o maternelle, que é como nosso maternal, onde ela aprenderá a se comunicar e terá encontros sociais. Porém, essa fase não é obrigatória e fica a critério dos pais inserirem os não seus filhos ao ambiente escolar nesta idade.

A école

Nessa fase, que vai dos 6 aos 11 anos, as crianças têm aulas de manhã até o fim da tarde, além de atividades extra-curriculares. Isso ajuda os pais que trabalham, evitando que precisem deixar os filhos com babás. Inicia-se alguns ensinos básicos, como história e matemática, algo muito parecido com a estrutura primária brasileira.

College

Nessa fase, que não precisa de prova para que o aluno ingresse, começam a ser lecionadas outras disciplinas mais específicas como francês, matemática, história e geografia, educação cívica, ciências da vida e da terra, tecnologia, artes plásticas, música, educação física, e física-química. São disciplinas preparatórias para o ingresso ao lycée.

Lycée

Equivalente ao ensino médio brasileiro, o lycée tem uma diferença. Em determinado ano, os alunos podem escolher se desejam entrar no mercado de trabalho e estudar disciplinas específicas. Pode-se também ter algum tipo de curso técnico, de acordo com a escolha do estudante. No último ano, uma espécie de vestibular é dado aos estudantes para que ingressem no ensino superior.  Essa prova se chama Baccalauréat.

Ensino Superior

O Ensino superior Francês é bem parecido com o Brasileiro, sendo dividido em Graduação, que dura cerca de quatro anos, mestrado, que dura dois anos e doutorado, que dura três anos. A diferença principal é que a prova de ingresso não engloba todas as áreas de ensino, sendo totalmente específica para a área em que será feita a Universidade.

Conclusão

O ensino francês é bem parecido com o brasileiro na estrutura, com diferenças apenas no ensino médio, onde o aluno passa a estudar disciplinas voltadas à carreira que irá escolher. Porém, pode-se dizer que o ensino público no país é de grande qualidade e praticamente se iguala com o particular, diferenciando no aspecto religioso e nas atividades extra-curriculares. Já o ensino primário e fundamental é bastante variado e fornece disciplinas parecidas com as que conhecemos por aqui.

O ensino universitário também é bastante similar ao nosso, com a diferença que o primeiro nível, que seria equivalente a graduação, também pode ser atingido através de cursos técnicos, dependendo da área pretendida. Já os níveis de mestrado e doutorado possuem as mesmas características que conhecemos aqui e com basicamente a mesa duração.