O Idioma Francês

Diferente do que se imagina, o Francês não é um idioma restrito à França, mas também à algumas de suas ex-colônia africanas, como Senegal e Costa do Marfim e alguns outros países da Europa, como Bélgica. Além disso, na América do Norte e na América do Sul, algumas províncias também tem o Francês como idioma principal. Ela é, também, a língua oficial de trabalho das Nações Unidas e é lecionada praticamente em todos os países da Europa e, embora não seja oficial na maioria deles, o povo costuma ter algum conhecimento dela. Não é um idioma muito difícil de se aprender, apesar de algumas pessoas apresentarem dificuldade na pronúncia, já que ele difere um pouco do Inglês e até mesmo do Espanhol.

História do Francês

O idioma Francês pertence à família indo-européia. Quando Júlio César conquistou o território da França no século I a.C., a língua celta foi abandonada e uma espécie de dialeto foi introduzido no local. Ele foi evoluindo até que, no início do século XVII, François de Malherbe passou a usar o francês como norma em suas poesias. Depois, durante o reinado de Luís XIV, o francês chegou ao ápice de sua história, se tornando o idioma oficial da França, incluindo o uso para fins diplomáticos.

A necessidade do Idioma

O Francês é o segundo idioma mais falado no meio corporativo. Isso significa que tê-lo no currículo é um enorme diferencial para conseguir uma boa vaga de emprego ou melhorar sua posição no mercado de trabalho. Esse fato se explica devido a quantidade de países que utilizam a língua seja oficialmente ou até mesmo como segunda opção. Como dissemos no primeiro tópico, em diversos lugares o Francês se faz presente, tornando-o muito útil para comunicação entre empresas multinacionais, por exemplo. Por isso, se deseja aprender uma outra língua além do recomendado Inglês, talvez seja a hora de investir na francesa. Além de útil, pode-se considera-la uma das mais charmosas do mundo e relativamente parecida com o português.

Nível de dificuldade

Não podemos dizer que o Francês seja um idioma fácil de aprender, devido à sua pronúncia diferenciada. Porém, a nível de comparação, podemos afirmar que ele é muito mais simples do que as línguas orientes, por exemplo. Fora isso, é preciso citar que temos algumas palavras bem parecidas com o idioma, o que facilita o aprendizado. Muitos professores afirmam que a maior dificuldade está na conversação, já a parte escrita costuma levar menos tempo para ser assimilada. Porém, o recomendado é ao menos dois anos de aulas para uma boa base.

Melhor forma de aprender Francês

Não tem como fugir, a melhor saída para aprender um novo idioma – no caso de quem não pode realizar um intercâmbio – é frequentando aulas regulares por um período de tempo considerável. Mas, outras atitudes podem ajudar, como escutar músicas na língua em que está aprendendo e assistir a filmes com legendas. Com a internet, vale a dica de tentar conhecer pessoas do país que o idioma é mais falado, assim treinar fica mais fácil.